Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias Marco Aurélio pretende substituir tração animal por veículo sustentável

Marco Aurélio pretende substituir tração animal por veículo sustentável

O requerimento 1307/2015, de autoria do vereador Marco Aurélio (SDD), que pretende implementar no Recife o “Cavalo de Lata” (veículo sustentável elaborado com material reciclável) no serviço de limpeza urbana, foi amplamente discutido na reunião plenária desta quarta-feira, 25. O vereador Jurandir Liberal (PT) solicitou esclarecimentos em relação ao requerimento.

“Seria muito interessante ampliar a proposta e discutir a matéria que interessa, e muito, à Comissão de Meio Ambiente. Como lembrou o vereador Osmar Ricardo (PT), foi aprovada na Casa, em regime de urgência, a retirada dos cavalos nas nossas vias e a gente percebe que nenhuma medida concreta foi realizada, apesar da Câmara dar todo o apoio necessário à Prefeitura”, ressaltou Jurandir Liberal.

O vereador Marco Aurélio lembrou que várias cidades brasileiras já adotaram o “Cavalo de Lata”. “A máquina já está em funcionamento em alguns lugares no Brasil e trago a sugestão para a Prefeitura do Recife e a Emlurb. O Cavalo de Lata é elétrico, com pedais e substitui as carroças. E, por ser menor, entra em áreas mais difíceis. O propósito é essencialmente ecológico e venho trazer uma sugestão para a nossa cidade”, ressaltou Marco Aurélio.

No aparte, o vereador Osmar Ricardo (PT) lembrou que a quantidade de animais circulando no Recife ainda é grande e lamentou a violência aos animais. “Chega a ser espantosa a quantidade de tração animal no centro do Recife. Tem muita gente que bate nos cavalos. A violência é muito grande. Resalto para o vereador Marco Aurélio que entenda o pedido de debate para a Comissão de Maio Ambiente e isso não irá tirar o mérito de discutir o assunto. Precisamos fiscalizar e provocar o secretário da pasta porque a lei não está sendo colocada em prática”.

O vereador Almir Fernando (PCdoB) recordou que várias reuniões aconteceram para tratar sobre a tração animal. “Muitos encontros aconteceram na Casa, inclusive o projeto dá oportunidade para aquelas pessoas que trabalham com os animais. O prefeito criou alternativas para que os trabalhadores não fiquem sem oportunidade, mas a Prefeitura não colocou a lei em prática. O secretário tem trabalhado em relação à adoção de cães e gatos e castração para não aumentar população animal. E foi assinada uma ordem de serviço para o hospital veterinário”.

Já o vereador Carlos Gueiros (PTB) questionou a importância de existir uma representação, no Recife, da empresa que produz o Cavalo de Lata. “Estava conversando com o autor do requerimento perguntando se tem algum representante da empresa aqui no Recife. Tem que haver um conhecimento técnico. Se não, não vamos chegar a uma conclusão do ponto de vista do mérito”. Em resposta, o vereador Marco Aurélio destacou que a ideia partiu de uma colega via internet. “Recebi a sugestão pelo Facebook, de uma colega que enviou um anexo com explicações do que se trata do Cavalo de Lata. Poderíamos adiar a votação para a semana que vem e fazer os devidos esclarecimentos”. Diante da sugestão, a votação do requerimento foi adiada a pedido do autor.

Em 25.03.15 às 17h32.

Ações do documento