Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias Cristina Amaral será homenageada hoje pela Câmara do Recife

Cristina Amaral será homenageada hoje pela Câmara do Recife

A cantora Cristina Amaral, que neste ano recebeu o título de embaixadora da Campanha Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, Liga da Proteção, será homenageada pela Câmara Municipal do Recife, nesta quarta-feira, 30. A sessão solene ocorrerá no horário do grande expediente da reunião plenária previsto para começar às 15h, por iniciativa do vereador Josenildo Sinésio (PT). Intérprete premiada, Cristina organizou sua carreira cantando ritmos regionais como o frevo e o forró e sua agenda é disputa durante os festejos juninos.

O vereador Josenildo Sinésio está homenageando a artista não somente pelo destaque musical, mas também por ela ter recebido o título de embaixadora da Liga da Proteção.”O seu apoio é de fundamental importância para a sensibilização da sociedade e formação de uma cultura de respeito e defesa dos direitos humanos, o que foi feito através de uma participação vibrante, alegre e envolvente, demosntrando compromisso em defesa dos direitos das crianças e adolecsnetes de nosso País”, disse ele.

Cristina Amaral nasceu em 13 de junho de 1962, no município de Sertânia. É filha de Manoel Tiburtino da Silva e Josefa Joventina da Silva. “Ela começou as atividades artísticas ainda criança quando fez parte de um grupo jovem e cantava em templos da Igreja Católica. Foi convidada a participar da Orquestra Marajoara como vocalista, depois ingressou no grupo Os Tropicais, onde dividiu o palco com Flávio José”, contou o vereador. Em 1991, ela venceu o Festival Recifrevo e participou do Festival Canta Nordeste, da Rede Globo, ficando em segundo lugar.

Participou de diversos CDs de frevo; representou Pernambuco por várias vezes em turnês pela Europa, cantando ritmos regionais; gravou 10 discos. O seu mais recente trabalho é o CD e DVD “A vida é um circo”, cuja gravação levou à Praça do Arsenal, no Recife Antigo, mais de 10 mil pessoas.

 

Em 30.05.2012, às 10h30.

Ações do documento