Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias Aimée Carvalho entrega Título de Cidadã à médica Cristina Mello

Aimée Carvalho entrega Título de Cidadã à médica Cristina Mello

Por iniciativa da vereadora Aimée Carvalho (PSB), a cardiologista pediátrica do IMIP, Cristina de Paula Quirino Mello, recebeu o Título de Cidadã do Recife, por serviços prestados como médica e na Assistência Social da Prefeitura Municipal, onde se destaca pela organização do Programa de Prevenção Secundária da Febre Reumática. O título foi entregue à primeira dama do município, na noite desta quinta-feira (19), na Câmara do Recife, em reunião solene no Plenário, presidida pelo vereador Eduardo Marques (PSB), presidente da Casa José Mariano, na presença de familiares, amigos, e colegas de trabalho. O Prefeito do Recife, Geraldo Julio, acompanhou a cerimônia.

Aimée Carvalho, autora da homenagem, usou uma frase da artista plástica Frida Kahlo para sintetizar ao que atribui a grandeza de sentimento da homenageada pelo Recife: Onde não puder amar, não se demore. Cristina Mello, é natural de Limoeiro, agreste do Estado. Cursou medicina na Universidade Federal de Pernambuco, tem três filhos. Fez parte de equipes de diversos hospitais, como Procape, Hospital das Clínicas, Agamenon Magalhães, Oswaldo Cruz e a Restauração. “A preocupação com o número de casos de febre reumática infantil fez com que ela elaborasse o Programa de Prevenção Secundária do Recife em 2013. Hoje apenas reconhecemos uma cidadania que já lhe pertence”.

Cristina Mello, emocionada, disse que passou noites sem dormir pensando em vir a esta Casa falar para tanta gente e completou afirmando que a primeira dama é chorona. E chorou diversas vezes durante o Discurso. Mas foram, segundo ela mesma, lágrimas de alegria. Agradeceu à mãe e ao pai por ter se tornado a pessoa que é. Vim de uma terra, Limoeiro, conhecida como Princesa do Capibaribe, que se junta ao Beberibe para formar o mar. “Uma terra de gente lutadora e persistente, mas caí nos braços da Veneza Brasileira”.

A nova cidadã recifense fez alusão aos tempos difíceis e desafiadores, de esquecimento de valores, em que o projeto de poder é mais importante que as pessoas. Mas para ela são tempos de resiliência e responsabilidade. “Nosso povo precisa de livros e não de armas, viva Paulo Freire. Nosso povo precisa pertencer a algum lugar. Somos convocados todos os dias a desafios”.

Cristina Mello disse que ser primeira dama, e Geraldo (Geraldo Julio, Prefeito do Recife), custou muito caro, mas tudo isso é superado no propósito  de servir ao povo. Referiu-se aos filhos, são três, como a razão maior de sua vida, e ao marido como o amor da vida dela, companheiro e confidente.

 

Em 19.12.2019 às 19h44.

Ações do documento
registrado em: