Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Notícias Audiência pública discute Pacto pela Vida do município

Audiência pública discute Pacto pela Vida do município

O que a Prefeitura do Recife tem feito pela segurança do município? Para discutir essa questão, a Casa de José Mariano realizou uma audiência pública na tarde desta quinta-feira (7), no plenarinho da sede do Poder Legislativo. A iniciativa pelo debate, que focou as ações do Pacto pela Vida municipal, foi do vereador Almir Fernando (PCdoB), presidente da Comissão de Segurança Cidadã da Câmara Municipal.

Esta não é a primeira audiência sobre o tema promovida pelo parlamentar. “Resolvemos organizar esta audiência pública, como sempre temos feito, para dar oportunidade ao poder público de explicar o que está acontecendo, o que tem sido feito em relação à segurança da nossa cidade”, disse Almir Fernando. “E dar oportunidade às pessoas para que elas possam perguntar, questionar, trazer algum tipo de sugestão para melhorar a segurança do nosso município.”

O secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti, compareceu em pessoa para esclarecer aos cidadãos presentes as ações desenvolvidas pelo Poder Executivo na área. Ele ressaltou o papel preventivo dos municípios na gestão da segurança. “Existe um programa estadual de enfrentamento à violência chamado de Pacto pela Vida, que é do Governo do Estado. Cabe às prefeituras o trabalho de prevenção social – é isso que é o Pacto pela Vida do Recife. O Compaz, por exemplo, é um equipamento de promoção de cidadania, de cultura da paz e da não violência, de educação e lazer. Esse é o papel que cabe à Prefeitura.”

De acordo com Murilo Cavalcanti, os dados da segurança do Recife demonstram uma queda na violência da capital – o mês de setembro de 2019, por exemplo, foi o que apresentou o menor número de homicídios da série histórica, com 29 ocorrências desse tipo. O secretário avaliou que muito desse trabalho se deve ao trabalho das polícias Militar e Civil, mas também aos esforços da Prefeitura.

“Vamos entregar, até março de 2020, mais dois Compaz. Um na antiga Fábrica de Estopa da Caxangá, e o Compaz Dom Hélder Câmara, no Coque. O prefeito Geraldo Julio anunciou também que as áreas mais pobres, mais periféricas da cidade vão receber iluminação em LED. Isso também é prevenção social do crime”, acrescentou.

Na audiência, o vereador Almir Fernando lembrou uma demanda trazida em uma audiência anterior sobre o armamento da Guarda Municipal. De acordo com Murilo Cavalcanti, no entanto, essa não deve ser uma política adotada pela gestão. “Estamos fortalecendo a instituição em outras frentes, não colocando arma na cintura do guarda.”

O microfone da audiência foi aberto para que os cidadãos presentes apresentassem seus anseios em relação à segurança da cidade. Além de Almir Fernando, compareceram à discussão os vereadores Amaro Cipriano Maguari (PSB) e Hélio Guabiraba (sem partido).

Em 07.11.2019, às 17h19

Ações do documento